Englishtown1 Ana Beatriz Ferreira Camargo2; Brenda Larissa Moreira Dias3; Drielle Lorane de Souza Mendonça4; Priscilla Lacerda Junio resumo



Download 15.82 Kb.
Sana17.03.2017
Hajmi15.82 Kb.
ENGLISHTOWN1

Ana Beatriz Ferreira Camargo2; Brenda Larissa Moreira Dias3;


Drielle Lorane de Souza Mendonça4; Priscilla Lacerda Junior5.

RESUMO: Propor um objeto educacional para pessoas de diferentes perfis e idade a fim de alcançarem seus objetivos a partir de suas variadas perspectivas é o foco desse trabalho. Englishtown é uma ferramenta interessantíssima que pode muito em seus efeitos. O que é possível analisar quando observamos a mega estrutura que a compõe. Ressaltar que esse tipo de ferramenta serve como complemento para professores de idiomas que almejam o sucesso de seus alunos é o objetivo principal desse trabalho.

Palavras-chave: Objetos educacionais; Englishtown; TICS; Língua Inglesa



INTRODUÇÃO

Atualmente parece ser impossível imaginar a vida sem as tecnologias da informação e comunicação (TICs). Utilizamos a internet a todo o momento, seja no celular, em computador ou tablets. A cada dia há novos recursos disponíveis no mercado para serem desfrutados. São inúmeros programas e aplicativos tanto para pesquisas quanto para entretenimento. E muitos de nós ficamos na expectativa pela chegada de mais ferramentas tecnológicas, outros têm a sensação de impotência por não saberem utilizar tantas engenhocas da modernidade.

A partir dessa perspectiva, pensaremos apenas no âmbito escolar, em qual a relação entre a tecnologia e a escola. Pois entre os professores, a disseminação desses recursos tecnológicos provoca reações variadas. A questão crucial é de como e quando usar a tecnologia em sala de aula. Sabemos que tem programas que tornam as aulas interessantes e divertidas. Mas muitas escolas e/ou professores mantêm um ensino tradicional, sem qualquer dinamismo.

Márcia Padilha Lotito, coordenadora da área de inovação educativa da Organização dos Estados Ibero-Americanos para Educação, a Ciência e a Cultura (OEI), afirma que "a tecnologia tem um papel importante no desenvolvimento de habilidades para atuar no mundo de hoje". Dessa forma, do ponto de vista educativo, muitos conteúdos só podem ser trabalhados com a utilização das TICs. Mas é importante ressaltar que no campo escolar só vale levar a tecnologia para a classe se ela estiver a serviço dos conteúdos propostos pela escola.

Alguns historiadores consideram os avanços tecnológicos dos séculos XX e XXI como a terceira etapa da Revolução Industrial. E neste tempo, em que a era digital toma conta do mundo cada vez mais, surgem também novos parâmetros educativos. Esse moderno material didático permite ampliar a pluralidade de abordagens, atender estilos distintos de aprendizagem, desenvolver competências e habilidades.

Neste contexto, os objetos de aprendizagem virtuais consistem em correntes de informações que têm por objetivo facilitar o processo de ensino-aprendizagem, utilizando uma linguagem onde cabe imagens, cores, áudios, vídeos etc. Sendo assim, a construção do conhecimento via recursos virtuais pode ser feita tanto na modalidade a distância quanto a presencial. Pois as TICs oferecem flexibilidade, além de acesso rápido e fácil. Sem contar que os objetos educacionais podem ser usados combinados com outros objetos para enriquecer o conteúdo intelectual do indivíduo.



METODOLOGIA

A proposta do trabalho realizado era utilizar os conhecimentos adquiridos em sala de aula sobre os objetos educacionais, unidos aos conhecimentos acerca dos softwares PowerPoint e MovieMaker. O objeto educacional escolhido foi o site da escola de inglês ENGLISHTOWN. Como método para avaliar o objeto o grupo fez a inscrição no site (um cadastro que inclui: nome, sobrenome, email, telefone e idade). Em seguida recebemos um email para que pudéssemos escolher o seu curso de lições diárias (beginner, elementary, intermediate, upper intermediate, advanced, upped advanced).



RESULTADOS E DISCUSSÃO

Através da experiência com o uso do curso pudemos perceber que seria algo proveitoso para se trabalhar em sala de aula. Afinal o site possibilita a pratica de atividades e exercícios de inglês interativos; disponibliza áudio para ouvir a pronúncia correta; aplicar o que se aprendeu no curso em aulas de conversação com dos professores particulares de inglês; um diploma de inglês certificado pela Hult International Business School; entre várias outras coisas.

Cada plano de curso tem um preço. Por exemplo: os alunos novos têm 14 dias grátis para acessar o curso completo do Online School com todos os recursos da escola. É um período promocional para que eles conheçam o curso. O pagamento só é feito depois, caso decidam continuar. Entretanto a proposta é utilizar uma ou outra vez em sala de aula, e para isso não seria necessário o pagamento (a não ser que o aluno queira fazer o curso completo). Sem contar que há um blog disponível com inúmeras dicas para melhorar o seu inglês, com conteúdo sobre como, por exemplo, as expressões idiomáticas, preposições, advérbios, artigos, tempos verbais, adjetivos, cantadas, palavras que surgiram recentemente, canções, provérbios, curiosidades, entre outros.

O site trabalha os conteúdos de forma dinâmica, inclusive com a presença de jogos que despertariam com toda certeza a atenção dos alunos. A sala de bate papo também é um fator que conta muito, pois é um ambiente descontraído onde os alunos mesmo que forçados a usar o inglês o fazem de forma relaxada, o que contribui muito para o aprendizado. Além de permitir uma flexibilidade, afinal qualquer um de seus conteúdos pode ser acessado a qualquer momento.



CONCLUSÕES

Segundo Anna Christina Nascimento em uma entrevista sobre os objetos de aprendizagem:

“Objetos de aprendizagem, assim como quaisquer outros recursos educacionais, não garantem sozinhos a aprendizagem.  Eles são meios que facilitam ao aluno atingir um objetivo de aprendizagem, e geralmente são combinados com outros recursos.  O professor é um ator importantíssimo nesse processo, pois ele é que planeja a forma de uso dos objetos pelo aluno. Não adianta existir um excelente recurso se não há o professor para explorar as possibilidades de aprendizagem que o objeto de aprendizagem permite ao aluno.”

As leituras feitas como referenciais para esse trabalho nos faz compreender ainda mais a importância do professor. O professor jamais será excluído.Os objetos educacionais agem como facilitadores no processo de ensino, são eles ferramentas utilizadas pelos mestres.É importante ressaltar que as divergências existentes podem serem amenizadas quando os próprios professores compreenderem o seu valor de mediadores essenciais. A oportunidade de se ter um ensino mais coerente com a sociedade globalizada de hoje não pode ser perdida. Os objetos educacionais são de suma importância para essa nova geração e traz consigo uma carga importantíssima de conhecimentos, estratégia essa de muita relevância para o âmbito escolar.



REFERÊNCIAS

ENGLISHTOWN. Disponível em: http://www.englishtown.com.br/

LOTITO, Márcia Padilha. In Um guia sobre o uso de tecnologias em sala de aula. Acesso em 13 de dezembro de 2015. Disponível em: http://revistaescola.abril.com.br/avulsas/223_materiacapa_abre.shtml



NASCIMENTO, Anna Christina. Entrevista sobre objetos de aprendizagem e como eles podem ser um aliado do professor em sala de aula. Acesso em 13 de dezembro de 2015. Disponível em: http://www.conexaoprofessor.rj.gov.br/entrevista_01.asp

1 Resumo expandido exigido como parte complementar da nota da 4° V.A. do curso de Letras- Português e Inglês da UEG- UnUCCSEH do ano de 2015

2 Aluna do segundo ano do curso de Letras- Português e Inglês da UEG- UnUCCSEH

3 Aluna do segundo ano do curso de Letras- Português e Inglês da UEG- UnUCCSEH

4 Aluna do segundo ano do curso de Letras- Português e Inglês da UEG- UnUCCSEH

5 Aluna do segundo ano do curso de Letras- Português e Inglês da UEG- UnUCCSEH



Do'stlaringiz bilan baham:


Ma'lumotlar bazasi mualliflik huquqi bilan himoyalangan ©hozir.org 2017
ma'muriyatiga murojaat qiling

    Bosh sahifa